PRÓPOLIS

A própolis tem estado aqui a uns milhões de anos e por milhares de anos tem sido usada pelo homem, tanto interiormente como exteriormente, como agente curativo.

 

A própolis é uma resina pegajosa que transpira das flores, em botão de certas arvores – as abelhas preferem os choupos e ressuma da casca de outras, principalmente coníferas.

 

A própolis protege a colmeia de duas maneiras: primeiro reforça a própria colmeia, segundo protege-a contra infecções por bactérias e vírus, e são essas ultimas propriedades que o homem tem achado tão uteis através dos séculos.

 

A própolis de abelha é um poderoso protetor. Consiste de aproximadamente resinas e balsamos (50%), cera (30%), óleos aromáticos (10%), pólen (5%), substâncias orgânicas e minerais (5%).Outros constituintes incluem flavonoides, Aminoácidos, vitaminas B e o mais importante de tudo, substâncias antibióticas.

 

Frequentemente chamada de ”penicilina da natureza” a própolis de abelha tem propriedade anti bactericida, anti virótica, antiséptica, fungicidas e antibióticas. Essas propriedades protetoras e curativas são demonstradas de maneira conclusiva em numerosos estudos por todo o Globo.

 

O extrato de própolis pode ser utilizado com eficácia no tratamento de gripe, resfriados, inflamações bucais e de garganta, bronquite, tosse, asma, ronquidão, herpes, sinusite, faringite e em casos de frieiras, ferimentos e cortes obtêm se rápida cicatrização com aplicação de extrato de própolis diretamente no local.

 

Como seres humanos podemos ainda descobrir que o que fizemos foi apenas arranhar a superfície dos benefícios dessa maravilha resinosa.

 

A própolis de abelha tem propriedade anti bactericida, anti virótica, antiséptica, fungicidas e antibióticas.